Carga Elétrica

Diferença de potencial ou tensão elétrica

Intensidade média da corrente elétrica

Exercícios propostos:

1. (FATEC) – Num circuito de corrente contínua, um amperímetro acusa, durante 5 minutos, a corrente de 2 ampères.
A carga elétrica que atravessa o instrumento, neste intervalo de tempo, é de:
a) 2A
b) 10C
c) 4 . 10-1C
d) 600C
e) n.d.a.

2. Uma corrente de intensidade constante de 16mA é estabelecida em um fio condutor metálico.
Sendo a carga do elétron de –1,6 .10-19C, quantos elétrons atravessam uma secção transversal do condutor por segundo?

3. (MED. POUSO ALEGRE) – Pela secção transversal de um condutor passam 1011 elétrons, de carga elementar igual a 1,6 . 10-19C, durante 1,0 . 10-6s.
A corrente elétrica, neste condutor, tem intensidade:
a) 1,6 . 10-6A
b) 1,6 . 10-2A
c) 0,625 . 10-2A
d) 1,6 . 10-8A
e) 0,625 . 10-8A

4. Faça o circuito esquemático da montagem abaixo e indique o sentido da corrente convencional, quando a chave estiver fechada.



1°Lei de Ohm

2°Lei de Ohm

Exercícios propostos:

1. (PUCC) – Uma lâmpada de incandescência tem resistência elétrica de 220Ω, quando acesa.
Qual a intensidade da corrente através da lâmpada, se ela está ligada a uma linha em que a tensão é de 110V?

2. No gráfico a seguir está representada a relação entre a diferença de potencial elétrico (U) e a intensidade de corrente elétrica (i) em um resistor.
Qual é o valor, em ohm, da resistência elétrica desse resistor?



3. (FUVEST) – Estuda-se como varia a intensidade i da corrente que percorre um resistor, cuja resistência é constante e igual a 2V, em função da tensão V aplicada aos seus terminais. O gráfico que representa o resultado das medidas é:



4. (UNISA) – Um condutor de cobre apresenta 10m de comprimento por 10mm2 de secção e uma resistividade de 0,019 W.mm2/m
Calcule a resistência elétrica do condutor.

5. (MED. VIÇOSA) – Se um resistor de cobre tiver o seu comprimento e o seu diâmetro duplicados, a resistência:
a) é multiplicada por quatro;
b) permanece a mesma;
c) é dividida por dois;
d) é multiplicada por dois;
e) é dividida por quatro.

Associação em série

Associação em paralelo

Exercícios propostos:

1. (MED. LONDRINA) – São dadas as seguintes associações de resistores iguais:



Calcule a resistência equivalente de cada associação.

2. (UFGO) – No circuito abaixo, determine a resistência equivalente entre os pontos A e B.



3. (CAXIAS DO SUL) – Para obter uma resistência de 4,0 ohms, com resistências de 1,0 ohm, devemos escolher o esquema da letra:



4. Os quatro resistores do circuito esquematizado a seguir são ôhmicos. A resistência elétrica de cada resistor é igual a R.
Considerando A e B como terminais da associação, qual é a resistência elétrica do conjunto?



5. (UFPA) – Dado o circuito abaixo, sua resistência equivalente vale:



a) 7Ω
b) 10Ω
c) 3Ω
d) 5Ω
e) 30Ω

6. (UCMG) – A resistência equivalente entre A e B mede, em ohms:



a) 5
b) 12
c) 19
d) 34
e) 415

7. (PUCC) – Três resistores de resistências 1Ω, 3Ω e 5Ω estão associados em série, sendo aplicada aos terminais da associação uma ddp de 18V.
Determine a intensidade da corrente que a percorre.

8. (UEMT) – A diferença de potencial entre os extremos de uma associação em série de dois resistores de resistências 10Ω e 100Ω é 220V.
Qual é a diferença de potencial entre os extremos do resistor de 10Ω nessas condições?

9. (UFRS) – Dispõe-se de três resistores, dois de resistência 60Ω cada um e um de 30Ω.
Ligando esses resistores em paralelo e aplicando uma diferença de potencial de 120V aos extremos dessa associação, que corrente elétrica total percorre o circuito?
a) 2A
b) 4A
c) 8A
d) 25A
e) 50A

10. (FUVEST) – Na associação de resistores da figura a seguir, os valores de i e R são, respectivamente:



a) 8A e 5Ω
b) 5A e 8Ω
c) 1,6A e 5Ω
d) 2,5A e 2Ω
e) 80A e 160Ω

Exercícios propostos:

1. Determine a resistência equivalente entre os pontos P e Q do circuito a seguir:



2. Determine a resistência equivalente entre os pontos A e B do circuito a seguir:



3. Determine a resistência equivalente entre os terminais A e B a seguir:



4. Determine a resistência equivalente entre os terminais A e B do circuito a seguir:



5. Determine a resistência equivalente nos terminais A e B do circuito:



Geradores Elétricos - Lei de Pouillet

Curva característica do gerador

Lei de Pouillet

Exercícios propostos:

1. Um gerador de f.e.m. igual a 12V e resistência interna 2,0O é percorrido por uma corrente elétrica de intensidade i = 4,0A.
Determinar a tensão elétrica (U) nos terminais do gerador.

2. Um gerador fornece uma tensão elétrica U = 12V e uma corrente elétrica i = 5,0A a um resistor.
Conhecida a resistência interna r = 2,0O, determine a sua f.e.m.

3. A curva característica de um gerador está representada na figura abaixo.



Determine:
a) a resistência interna do gerador;
b) a tensão elétrica que ele fornece quando percorrido por uma corrente elétrica i = 4,0A.

4. A força eletromotriz de uma bateria é:
a) a força elétrica que acelera os elétrons.
b) igual à tensão elétrica entre os terminais da bateria quando a eles estiver ligado um resistor de resistência nula.
c) a força dos motores ligados à bateria.
d) igual ao produto da resistência interna pela intensidade da corrente.
e) igual à tensão elétrica entre os terminais da bateria quando eles estiverem em aberto

5. No circuito abaixo, determine a intensidade da corrente elétrica.



6. No circuito a seguir, determine a intensidade da corrente elétrica no gerador, bem como a tensão elétrica nos seus terminais A e B.



7. (FEI-SP) – No circuito a seguir, determine a intensidade da corrente elétrica no gerador, bem como a tensão elétrica nos seus terminais A e B.



8. (MACKENZIE-SP) – A corrente i1 do circuito abaixo tem intensidade 2A. A f.e.m. e do gerador é:



a) 10V
b) 20V
c) 30V
d) 40V
e) 50V

9. (FUVEST-SP) – No circuito da figura, o amperímetro e o voltímetro são ideais. O voltímetro marca 1,5V quando a chave K está aberta.
Fechando-se a chave K, o amperímetro marcará:



a) 0 mA
b) 7,5 mA
c) 15 mA
d) 100 mA
e) 200 mA

Associação de Geradores

Exercícios propostos:

1. Um gerador de f.e.m. E1 = 3V e resistência r1 = 0,6Ω e outro de f.e.m. E2 = 6V e resistência interna r2 = 1,2O são associados em série.
Determine a f.e.m. e a resistência interna.

2. (FUVEST) – As figuras ilustram pilhas ideais associadas em série (1º arranjo) e em paralelo (2º arranjo).



Supondo as pilhas idênticas, assinale a alternativa correta:
a) Ambos os arranjos fornecem a mesma tensão.
b) O 1º arranjo fornece uma tensão maior que o 2º.
c) Se ligarmos um voltímetro aos terminais do 2º arranjo, ele indicará uma diferença de potencial nula.
d) Ambos os arranjos, quando ligados a um mesmo resistor, fornecem a mesma corrente.
e) Se ligarmos um voltímetro aos terminais do 1º arranjo, ele indicará uma diferença de potencial nula.

3. (FUVEST) – Seis pilhas iguais, cada uma com diferença de potencial V, estão ligadas a um aparelho, com resistência elétrica R, na forma esquematizada na figura.



Nessas condições, a corrente medida pelo amperímetro A, colocado na posição indicada, é igual a:
a) V/R
b) 2V/R
c) 2V/3R
d) 3V/R
e) 6V/R

4. Associam-se, em paralelo, três séries, de quatro geradores iguais que apresentam individualmente E1 = 1,5V e r1 = 0,6Ω.
Essa associação é ligada a um resistor de 4Ω. Calcule:
a) fem equivalente
b) resistência interna equivalente
c) a intensidade da corrente em R = 4Ω.

5. Um gerador de f.e.m. E1 = 3V e resistência r1 = 0,6Ω e outro de f.e.m. E2 = 6V e resistência interna r2 = 1,2Ω são associados em série.
Determine a f.e.m., a resistência interna e a corrente de curto-circuito do gerador equivalente.

6. Dez baterias de 9V e 5Ω cada uma são associadas em paralelo, para alimentar um resistor de 4Ω. Qual a ddp e a corrente nesse resistor?

Aplicações da Lei de Pouillet

Exercícios propostos:

1. Que intensidade de corrente circula no circuito simples, abaixo esquematizado?



Dados: E = 15 volts / r = 0,50 ohms / R = 4,5 ohms
Os condutores de ligação são ideais.

2. (UNISA) – No esquema abaixo, representamos uma pilha de força eletromotriz E e resistência interna r.



Calcule:
a) a intensidade de corrente no circuito;
b) a tensão entre os pontos A e B.

3. (UEL-PR) – Pelas indicações do esquema abaixo, pode-se concluir que a resistência interna da fonte, em ohms, é um valor mais próximo de:



a) 1,0 x 10-2
b) 1,5 x 10-1
c) 1,0
d) 10
e) 1,5 x 10

4. No circuito a seguir, o gerador G tem f.e.m. E =12V e resistência interna r = 1Ω. Ele é ligado a um resistor de resistência R = 119Ω.
Calcule a diferença de potencial entre os pontos A e B.



5. (UECE) – Quando se liga a associação abaixo a um gerador com 1 ohm de resistência interna e 3 volts de f.e.m., a corrente na resistência R1 é:



a) 1,00A
b) 0,60A
c) 0,75A
d) 2,00A

6. (UFSM-RS) – No circuito representado na figura, a corrente elétrica no resistor R1 tem intensidade 4,0A.
Calcule a f.e.m. do gerador.



7. (MACKENZIE) – No circuito a seguir, o gerador de tensão é ideal.



A intensidade de corrente que passa pelo resistor de 4Ω é:
a) 0,5A
b) 1,0A
c) 1,5A
d) 2,0A
e) 2,5A

8. (UC-MG) – A intensidade de corrente, na resistência de 2,0Ω é:
a) 3,0A
b) 3,2A
c) 3,6A
d) 4,0A
e) 8,0A



Potência parte I

Potência parte II

Exercícios propostos:

1. (UFRN)– Numa residência, estão ligadas 4 lâmpadas de 100 W cada uma, um ferro elétrico de 500W e uma máquina de lavar roupas de 400W.
Desprezando-se as perdas de energia, a energia consumida pelas lâmpadas e pelos eletrodomésticos nessa casa, em 3 horas, é:
a) 4,0 kWh
b) 1,3 kWh
c) 11,7 kWh
d) 3,9 kWh
e) 1,1 kWh

2. (FMTM)– O circuito elétrico responsável pelo acendimento dos pisca-piscas dianteiro e traseiro do lado direito de um automóvel está esquematizado na figura.



Quando a chave de setas é acionada, o eletroímã no interior de um relé é ligado, fechando o circuito elétrico das lâmpadas, que permanecem acesas até o momento em que o termostato abre o circuito elétrico. Em um curto intervalo de tempo, o termostato se esfria e reacende as lâmpadas. PEÇA CARACTERÍSTICAS
Lâmpada dianteira 24 W - 12V
Lâmpada traseira 24 W - 12V
Lâmpada do painel 3,6 W - 12 V
Bateria 12 V
Demais partes Resistência desprezível
Com base nessas informações, determine:
a) a intensidade de corrente elétrica que atravessa o termostato quando as lâmpadas estiverem acesas;
b) a potência dissipada pelas duas outras lâmpadas do circuito, no caso de a lâmpada traseira queimar-se.

3. (FGV) – Aproveitando o momento em que a moda dos cabelos alisados volta a todo vapor, a indústria de chapinhas “Lisbonito” corre para lançar-se no mercado, faltando apenas a correta identificação do valor da potência elétrica de seu produto.
Chapinha "Lisbonito" ESPECIFICAÇÕES Revestimento cerâmico:
Massa: 0,7 kg
Diferença de potencial: 110 V
Potência ??? W
Temperatura máxima 150°C
O técnico responsável mede o valor da resistência elétrica do produto, obtendo 60,5Ω, podendo estimar que a potência dissipada pela chapinha, em W, é, aproximadamente:
a) 100.
b) 125.
c) 150.
d) 175.
e) 200.

4. (FGV) – Capaz de cozer salsichas em apenas 20s, este eletro doméstico é um verdadeiro eletrocutador. Como uma salsicha tem em média resistência elétrica de 440kΩ, a passagem da corrente elétrica através dela envolve dissipação de calor, cozinhando-a.



A energia empregada para preparar 6 salsichas é, em J:
a) 1,5
b) 2,5
c) 3,3
d) 5,5
e) 7,5

Potência parte I

Potência parte II

Exercícios propostos:

1. (FUVEST-SP) – Na maior parte das residências que dispõem de sistemas de TV a cabo, o aparelho que decodifica o sinal permanece ligado sem interrupção, operando com uma potência aproximada de 6 W, mesmo quando a TV não está ligada. O consumo de energia do decodificador, durante um mês (30 dias), seria equivalente ao de uma lâmpada de 60 W que permanecesse ligada, sem interrupção, durante:
a) 6 horas.
b) 10 horas.
c) 36 horas.
d) 60 horas.
e) 72 horas.

2. (FUVEST-SP)– O que consome mais energia ao longo de um mês, uma residência ou um carro?
Suponha que o consumo mensal de energia elétrica residencial de uma família, ER, seja 300 kWh (300 quilowatts.hora) e que, nesse período, o carro da família tenha consumido uma energia EC, fornecida por 180 litros de gasolina. Assim, a razão EC/ER será, aproximadamente:
a) 1/6
b) 1/2
c) 1
d) 3
e) 5
Calor de combustão da gasolina aproximadamente = 30 000 kJ/litro
1kJ = 1 000 J

3. (VUNESP)– Uma luminária, com vários bocais para conexão de lâmpadas, possui um fusível de 5 A para proteção da rede elétrica, sendo alimentada com uma tensão de 110 V, como ilustrado na figura.



Calcule:
a) a potência máxima que pode ser dissipada na luminária.
b) o número máximo de lâmpadas de 150 W que po dem ser conectadas na luminária.

4. (VUNESP)– Um resistor de resistência R, ligado em série com um gerador de f.e.m. e resistência interna desprezível, está imerso em 0,80kg de água, contida num recipiente termicamente isolado. Quando a chave, mostrada na figura, é fechada, a temperatura da água sobe uniformemente à razão de 2,0°C por minuto.



a) Considerando o calor específico da água igual a 4,2 . 103 J/kg°C e desprezando a capacidade térmica do recipiente e do resistor, determine a potência elétrica P dissipada no resistor.
b) Sabendo que e = 28 volts, determine a corrente I no circuito e a resistência R do resistor